terça-feira, 17 de janeiro de 2017

A cena do rock autoral de Rio Preto-SP

Criar. No universo cultural a criação seja talvez o elemento fundamental de sua existência. No mundo da música, criar é uma condição mais importante para quem a faz do que para quem a consome. Ainda assim existe um público muito mais interessado em conhecer música autoral do que apenas se deparar com reproduções no dia a dia. Dentro do cenário rock and roll essa realidade também se aplica. A discussão cover versus autoral gerou e gera inúmeras discussões sobre o que é mais interessante, que tipo de público consome uma ou outra, se existe espaço para shows ao vivo de artistas autorais, etc. Muito já se falou sobre essa "disputa", que acontece no Brasil todo. Paralelamente a tudo isso, em São José do Rio Preto (SP) muitas bandas e artistas já conceberam diversos trabalhos autorais, muitos deles registrados em demos-tape, EPs, CDs e formato digital. E, ao longo dos últimos anos, parece que essa tendência tem se intensificado. De tempos em tempos, em intervalos cada vez menores, a mídia e as redes sociais nos informam de um novo trabalho autoral de uma banda de rock, em seus mais diversos estilos.

Ao longo das décadas, nomes como Contra Indicação, Beto Carvalho, Thara, Nothing Face, Putrefaction, Cromlech, Dark Paramount, Overlex, Sabotage, Savagery, Rules, Eternal Rage, Desgraça, Karass, Renato D'Martino, Fatallity, The Trip, Arcano XXI, Bleeding, Cérperus, Dark Paramount, Insane, Abusus, Anexa, Modera, Necrovomit, Young Beens, Imperial Doom, Nevrose, Sonora, Abhorrence, Mr. Bang, Passei um Tarde Assim, Pronuncia, Willian Froes, Sepulchral Desolation, dentre vários outros grupos, registraram seus trabalhos, em seus mais diversos formatos, nas mais diversas condições de produção. Com a evolução da internet, o advento e popularização das redes sociais, a divulgação de um trabalho autoral ganhou novos contornos de abrangência. Um vídeo no youtube hoje em dia tem um poder de divulgação que ninguém que trocava fitas (demonstration tapes) nos anos 1980 imaginaria ser possível, quebrando muitas barreiras geográficas.

Nos dias atuais, muitas bandas e artistas estão aí na ativa. Alguns deles mesclando o formato cover e autoral em seus shows. Mas sempre exercitando suas característica de criação, composição. Vamos relembrar os mais recentes movimentos de grupos na ativa da cena do rock rio-pretense, que vêm registrando e lançando seu repertório autoral e mostrar que a cena do rock autoral de Rio Preto tem força e representatividade.

Above Reality - O grupo desenvolve seu trabalho baseado no metalcore. Pode se encontrar o vídeo de "Runaway" no youtube. A banda trabalha em seu material autoral, enquanto se apresenta em vários festivais na região. (https://www.facebook.com/pg/AboveRealityOficial)

Capivaras Kill - Formada em 2010, o grupo participou de vários festivais de música na região, tendo ficado em 1º lugar no FEMUCA (Catanduva-SP) com a música "Caverna de Platão". Chegou a ter um single produzido por Rick Bonadio e, com recursos do prêmio "Nelson Seixas", o grupo registrou seu primeiro CD, "IntenCidade", em 2016. O teor musical do trabalho é baseado no hard rock com boa dose de energia. (https://www.facebook.com/pg/CapivarasKill)

Cavina - O grupo rio-pretense, que hoje reside na Inglaterra, lançou em 2014 o EP "Cavina", e vem trilhando seu caminho de divulgação mundial de seu trabalho (heavy metal). No mesmo ano ela assinou com a distribuidora Wikimetal Music. Vários vídeos do grupo podem ser encontrados na net, como "Better" e "My World". (https://www.facebook.com/pg/cavinaofficial)

Centro da Terra - Apostando na sonoridade orgânica do rock setentista, o trio rio-pretense já lançou 2 álbuns, um com suas músicas autorais gravadas ao vivo, "Ao Vivo - Tarde no Quintal" e outro gravado ao vivo em estúdio, "Ritual Elétrico ao Vivo". Recentemente a banda lançou um projeto em crowdfunding para captar recursos para um novo trabalho. (https://www.facebook.com/centrodaterrapowertrio)

Elder King - A banda, que navega pelos mares do hard rock e progressivo, começou em 2016 a produção de seu primeiro álbum, que conterá 10 músicas. No site do grupo é possível ter contato com este material. No youtube encontram-se alguns videos como "The Country is Mine" e "Even Afraid". (https://www.facebook.com/pg/ElderKingBand)

Estação da Luz - Na ativa há mais de 15 anos, a banda desenvolve um trabalho calcado nos moldes do rock 70, com grande influência da cena nacional. Lançou em 2014 seu primeiro disco, "Estação da Luz". Além de alguns vídeos na internet, a banda prepara o lançamento de seu segundo full-lenght para 2017. Nos shows, muitas reproduções nacionais, como Secos & Molhados e Mutantes, além de suas músicas. (https://www.facebook.com/aestacaodaluz)

Humberto Lee - Guitarrista e cantor, Humberto já participou de muitos movimentos na cena nos últimos 25 anos. Em 2014 o músico lançou um CD de inéditas, "Rock It", com composições suas e de Fabiana Berti. O trabalho teve a produção viabilizada pelo prêmio "Nelson Seixas", da prefeitura de Rio Preto. Humberto se apresenta nos palcos da cidade, mostrando suas músicas e outras reproduções, ora acompanhado por algum músico convidado, ora na companhia apenas de sua guitarra. (https://soundcloud.com/humberto-lee)

JAMM - Há 3 anos na ativa, a banda, formada por amigos quarentões (Júlio, Antonio Rogério, Marcelo e Márcio) apenas para diversão, vai lançar em 2017 seu primeiro disco, "Our Time Has Come", com 9 faixas autorais, navegando por tendências como rock clássico, metal e blues.

Lier - Decana banda, há quase 25 anos na ativa, lançou em 2015 pela internet 4 faixas inéditas, "Sufocando", "Sob Seus Passos", "Cotidiano" e "Mil Maneiras". Nos shows mescla o rock clássico e pop-rock de diversas bandas. (https://www.facebook.com/bandalieroficial)

Lamúria - Misturando heavy metal com outras tendências, a banda lançou no youtube em 2016 o videoclipe para a música "Profundo Vago". Antes a banda já havia lançado o single "Prejuízo". (https://www.youtube.com/watch?v=i_c7vPhYL3Q)


Lobo y Brujo - Com seis anos de estrada, o grupo, que aposta numa mescla de rock and roll e blues, está preparando o EP "Brujas En La Gira", previsto para março de 2017. O trabalho contém 5 faixas autorais além de um versão. Um clipe para "Bad Girl" se encontra no youtube. (https://www.facebook.com/pg/loboybrujo)

Maestrick - Após o intensamente elogiado disco de estreia, "Unpluzze!" (2011) Brasil afora, e que fora lançado também na Europa, o grupo de prog-metal se prepara para lançar seus novos trabalhos, "Espresso Della Vita: Solare", que será dividido em dois álbuns, o primeiro com previsão para 2017. A produção ficara a cargo do renomado Adair Daufembach (Project46, John Wayne, Hangar, etc). (https://www.facebook.com/pg/maestrick)

Mármore de Carrara - Com 15 anos de carreira e com vários trabalhos no currículo, "Mármore de Carrara”, de 2003, “Mármore Compacto”, EP de 2009, e “Rock and Roll”, de 2012 e um DVD gravado, a banda que faz um rock and roll clássico com elementos contemporâneos, tem lançado alguns trabalhos inéditos, como os vídeos das músicas "O Poema de um Assassino" e "Uma Canção", disponíveis no youtube. (https://www.facebook.com/pg/marmore.rock)

M.U.T.E. - Com influências de metal, hardcore e punk, a banda já tem 2 CDs ("M.U.T.E." - 2010 e "Brutalmente Vivo" - 2013) lançados ao longo de seus 8 anos de atividades. Entre os vídeos já publicados, "Mais que Um" teve a participação dos lutadores de MMA, Minotouro e Minotauro. Nos shows a banda faz especiais de nomes como Raimundos, Planet Hemp, Charlie Brown Jr, Ultraje a Rigor, dentre outros. (https://www.facebook.com/pg/mutehardcore)

Order of Destruction - Com pouco tempo de estrada, a banda pratica um thrash metal tradicional e vem buscando divulgar seu trabalho. Em 2016 lançou um vídeo para a música "By Myself", muito elogiado por consumidores do estilo. (https://www.facebook.com/pg/orderofdestruction)

OUDN - Apostando na energia de elementos modernos do heavy metal (como o metalcore), o grupo tem gerado excelentes produções, como o EP "Save Us From Ourselves" (2015) e vários clipes, que têm frequentado os canais de vídeo como "Hate", "Wrath of the Maker" e "The Reapper", que será lançado em Janeiro de 2017. A banda, campeã da 4ª edição do festival "Planeta Rock", se prepara para lançar em 2017 seu primeiro álbum, a cargo do renomado produtor Adair Daufembach. (https://www.facebook.com/oudnofficial)

Pinga com Groselha - Formada em 2011, a banda faz a inusitada proposta de misturar rock e metal com as bases da música brega nacional. Lançou em 2015 seu primeiro CD, "Brega Rock", e tem divulgado no youtube alguns clipes deste primeiro disco, como "Passar o Ferro" e "Cine Privê". (https://www.facebook.com/PingaComGroselha)


Psicodella - Antigamente intitulada Torn, a nova banda estreia logo de cara com o disco "Psicodella" (2016), produzido no estúdio Busic de São Paulo, e que conta com 9 faixas autorais, baseado quase que totalmente num hard rock moderno. No youtube é possível encontrar a faixa "#nuncaserão", presente no disco. Em seus shows, os temas próprios são executados junto a covers de bandas como AC/DC, S.O.A.D, Raimundos, Pitty, dentre outros. (https://www.facebook.com/psicodellaoficial)

Razorblade - A banda é relativamente nova e sua proposta é resgatar a sonoridade e a estética oitentistas do heavy metal. Em pleno processo de composição de seu primeiro disco a banda tem feito muito shows pela região, sempre apresentando exclusivamente seu material autoral. Em 2016 o grupo publicou o vídeo de "Cuts Like a Razor". (https://www.facebook.com/razorbr)

Samara Bueno & The Black Wolves - A cantora vem há muitos anos se apresentando na noite rio-pretense. Com Samara Bueno & The Black Wolves (na ativa desde 2014), o grupo lançou o videoclipe "Queen of the Night" e participou recentemente do concurso "EDP Live Band", de Portugal. Recentemente ela montou o grupo BAST, que trabalha nesse momento em seu material autoral também. (https://www.facebook.com/pg/samarabuenoandtheblackwolves)

The Brisantinos - Na estrada desde 2012, o quinteto executa um rock and roll, com diversas referências de blues, jazz e até punk rock. A banda também lançou uma campanha de crowdfunding para captar recursos para o lançamento de um CD, previsto para 2017. Várias músicas deste disco já são apresentadas nos shows do grupo. (https://www.facebook.com/pg/brisantinos)


The Chambers - Com 7 anos na ativa, a banda lançou o single "Baby You Rock My Word", disponível em algumas plataformas de distribuição musical e no youtube. Enquanto isso, o grupo vem trabalhando em outras composições e mostrando seu trabalho em shows pela cidade, numa mescla de seu material  com covers. (https://www.facebook.com/TheChambersRock)

Zac - O músico Zac Mónico, mentor da banda Duca, lançou em 2015 seu disco solo, "Só Pra Avisar". Diversos clipes do disco podem ser encontrados na internet. Um rock and roll, com acento pop, recheado de guitarras acentuadas. Zac rotineiramente se apresenta na noite musical da cidade, enquanto planeja o lançamento de um novo CD em 2017. (https://www.facebook.com/pg/zaacmonico)

Alguns outros nomes da cena rock de Rio Preto estão por aí, trabalhando em seu material autoral. A razão de ser de um artista é sua arte. E a criação da arte musical é a forma que ele tem para externar suas influências musicais e passar, em suas letras, sua visão de mundo, suas experiências, frustrações e expectativas. Enfim, a criatividade só é ofertada e assimilada quando existe a criação. E, em termos de criação de rock, Rio Preto está muito bem servida. Mesmo com tantas dificuldades que o estilo tem para se expor no tocante dos shows.

Above Reality - https://www.youtube.com/watch?v=uU1PbnMl85E
Capivaras Kill - https://www.youtube.com/watch?v=vdUD0s547hU
Cavina - https://www.youtube.com/watch?v=RaoYjkAwAsQ
Centro da Terra - https://www.youtube.com/watch?v=DCXtDbnyNno
Elder King - https://www.youtube.com/watch?v=7xi-79EA0c4
Estação da Luz - https://www.youtube.com/watch?v=6Xad6W2DOiM
Humberto Lee - https://www.youtube.com/watch?v=PYE4vlPlpFo
Lier - https://www.youtube.com/watch?v=JPGfcDgtG_c
Lamúria - https://www.youtube.com/watch?v=i_c7vPhYL3Q
Lobo y Brujo - https://www.youtube.com/watch?v=Sg3o6PoSFGM
Maestrick - https://www.youtube.com/watch?v=TqiTl1SpYQs
Mármore de Carrara - https://www.youtube.com/watch?v=sbgF6WKiWuk
M.U.T.E. - https://www.youtube.com/watch?v=T0fqVBeHhvg
Order of Destruction - https://www.youtube.com/watch?v=UdsXO8rTanc
OUDN - https://www.youtube.com/watch?v=8o6wURhFq9I
Pinga com Groselha - https://www.youtube.com/watch?v=HqufB7gHW8Q
Psicodella - https://www.youtube.com/watch?v=6k9TqOcN7C8
Razorblade - https://www.youtube.com/watch?v=l1x8qVV1uBg
Samara Bueno & The Black Wolves - https://www.youtube.com/watch?v=GKKCHaNxOw8
The Brisantinos - https://www.youtube.com/watch?v=dQ_CBdmyn30
Zac - https://www.youtube.com/watch?v=kQutrLWFNb4


Fontes:

Ready to Rock (http://readytorockroll.blogspot.com.br)
Youtube / Facebook / Diarioweb
Livro: "A História do Rock de Rio Preto" - 2013 (https://www.facebook.com/julio.verdi.3)

Um comentário:

  1. A Banda Elder King tem um grande prazer em fazer parte da cena. Parabéns Julio por incentivar esses belos trabalhos autorais que Rio Preto possui. Muito Obrigada.

    ResponderExcluir